Blue Fit cresce e quer acelerar expansão

Com forte plano de expansão, a rede Bluefit quer faturar R$ 110 milhões este ano. A meta se apoia na intenção de abrir mais 23 unidades e chegar a 70 operações em 2018.

De acordo com o CEO da Bluefit, Fernando Nero, o diferencial da empresa para sustentar esse crescimento é a crescente personalização dos serviços prestados. “A Bluefit é hoje uma das redes de academia que mais cresce na América do Sul ao apostar na inovação e preocupando-se com a experiência dos clientes”, avalia.

Ao longo do primeiro semestre, a empresa faturou R$ 50 milhões, volume atingido com os mais de 100 mil alunos e 900 profissionais que atuam na rede. Como resultado, Nero lembra que entre janeiro e junho a empresa ampliou presença em praças como São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Goiás e Piauí. “Vamos abrir até o fim do ano unidades no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Bahia e Espírito Santo”.

Mercado bilionário

Segundo estimativas da Pluri Consultoria, o mercado fitness no Brasil movimenta, ao ano, cerca de R$ 2,2 bilhões. Esse volume financeiro colocou o Brasil entre os países que mais gastam com saúde e bem estar, e abriu o mercado para que grandes redes de academia buscassem sua fatia do mercado. Na Bluefit, Nero conta que a rápida expansão se apoia na a busca por preços competitivos com serviços prestados em unidades com mais de 1,2 mil metros quadrados e cerca de 200 aulas mensais. “São serviços de qualidade oferecidos por preços muito atrativos, além dos investimentos em novas praças de atuação, equipamentos de última geração e um time de colaboradores especialistas em suas áreas”, diz.

Para bater a meta deste ano, a empresa pretende mesclar operações próprias e franquias. “Hoje temos 47 unidades, sendo 33 próprias e 14 franquias. São 20 unidades já em obras, que caminham para atingirmos a meta de chegar a 70 no início de 2019.”

Imagem: Reprodução
Fonte: DCI